10 de abr de 2014

História das Lareiras - sabe como elas foram inventadas?

(Lareira do Castelo de  Comlongon) 

A paixão do ser humano pelo fogo é muito antiga. 
Depois de sua descoberta, nossa vida nunca mais foi a mesma.
Os homens usam a "lareira" com a finalidade de aquecimento do ambiente e também como medida de segurança há muito tempo, já que forneciam iluminação para as casas através do fogo.
As primeiras lareiras eram bastante simples, feitas com algumas pedras empilhadas manualmente. E possuíam uma abertura em cima da estrutura para a saída dos gases.
Como não havia muita técnica naquela época, a queima era ineficiente e a poluição do ar da casa muito grande. Além disso, a sujeira e as cinzas se espalhavam por todo o ambiente.
A colocação de chaminé nas lareiras surgiu ainda na idade média. O que facilitou bastante a utilização da peça.

Lá pelo século 18, começaram a ser mais do que uma necessidade, passaram a ser a peça central da casa, recebendo a atenção de todos como item de decoração. Novos materiais foram incorporados e técnicas de construção foram sendo descobertas.
(Lareira do Castelo de Kenilworth)

Umas das maiores inovações foi a utilização do ferro fundido, com sua propriedade resiliente, que é a capacidade de absorver grandes quantidades de calor e devolvê-la ao ambiente sem sofrer deformações e trincas. Assim foram criadas as primeiras salamandras ("salamandra" para os alquimistas: "animal místico indestrutível pelo fogo" ou "espíritos do fogo". Esses pequenos animais ficavam escondidos entre as lenhas e quando se ateava fogo, saíam sem serem queimados. As salamandras em situações de perigo produzem um líquido sobre a pele que as protege das chamas).
Hoje em dia, o ferro fundido continua a ser muito empregado na fabricação das charmosas salamandras, além de incorporarem alguns outros tipos de materiais.
As lareiras, assim como as salamandras, começam a fazer parte dos rituais sociais das pessoas, onde a família ou o grupo de amigos se sentam ao redor do fogo para reuniões casuais e aproveitam para jogarem conversa fora enquanto degustam petiscos e vinhos agradáveis.

(Lareira em mármore do Castelo de Alnwick)

Na era vitoriana, marcada pelo grande avanço nas artes e arquitetura, a lareira ganha status altamente decorativo. Artesãos e artistas, inovam em materiais e criam verdadeiras obras de arte. Há melhoria na estrutura das chaminés reduzindo a poluição no ambiente, aumentando a segurança e a eficiência da queima.
Com o passar dos séculos, a lareira também deu origem à criação de novas técnicas de aquecimento. 

Nos dias atuais, pode-se encontrar desde equipamentos elétricos e a gás, sistemas que se utilizam de dutos condutores de ar quente para aquecimento de vários cômodos simultaneamente, entre outros. 

O aquecimento central (elétrico, a gás) pode até ser mais eficiente, mas nada 
substitui a atmosfera criada pela lenha crepitando e o balé das chamas em uma lareira.
Observar o fogo de uma lareira é como olhar milhares de anos de história, faz parte de nossa memória genética.


1 comentários:

Silmara Souza disse...

boa noite, saberia me dizer quando foram criadas as primeiras lareiras ou salamandras a gás?

Postar um comentário

Olá, deixe aqui sua dúvida ou comentário. Caso queira entrar em contato com a loja, segue nosso e-mail: cottage@cottage.com.br.

Por favor, não esqueça de deixar SEU E-MAIL de contato, ok?

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | 100 Web Hosting